Prefeitura de Abreu e Lima informa sobre o funcionamento do comércio a partir desta segunda-feira (23)

Segundo o decreto, a restrição atinge apenas os atendimentos presenciais e alguns estabelecimentos comerciais ficarão abertos

O prefeito de Abreu e Lima, Marcos José, assinou um decreto, nesse último domingo (22), determinando o fechamento do comércio da cidade partir desta segunda-feira (23), por causa da crise do coronavírus (Covid-19). Algumas medidas estão de acordo com normativas do Governo do Estado.

Segundo o decreto, a restrição atinge apenas os atendimentos presenciais do comércio. As lojas poderão continuar vendendo produtos com entregas em domicílio. Podem ficar abertos estabelecimentos como supermercados; mercados; padarias; farmácias; depósitos de água e gás; feiras livre, com dois metros de distância entre as barracas; lojas de conveniência, apenas alimentos e produtos de higiene pessoal; casas de ração animal e lojas de defensivos e produtos agrícolas. O Mercado Municipal de Abreu e Lima também ficará aberto, mas apenas para vendas de alimentos.

Os serviços essenciais para a população também estarão em funcionamento, como o abastecimento de água, gás, energia, telefonia e internet; hospitais, clínicas e laboratórios, clínicas e hospitais veterinários; lavanderias; bancos e lotéricas (limite por pessoa); serviços de segurança, limpeza e higienização; além de hotéis, motéis e pousadas (atendimento restrito).

Em relação ao transporte público de Abreu e Lima, o decreto determinou algumas regras. Ficam em circulação táxis, com a devida higienização; transporte complementar (kombis), com restrição de seis pessoas por viagem e o transporte da zona rural, com lotação máxima de 25 passageiros dentro do veículo.

Por fim, o decreto também informou que  a sede da Prefeitura de Abreu e Lima, bem como as unidades administrativas de todas as secretarias municipais permanecerão fechadas ao atendimento ao público. Os casos em que os cidadãos considerem urgentes deverão ser reportados aos canais de atendimento da Ouvidoria Municipal, no email ouvidoriaabreuelima@gmail.com ou no WhatsApp (81) 9 8200.0101.

Scroll to top