Instituto Passo de Anjo recebe novos instrumentos musicais

Entre as doações, violinos, violas, violoncelo, flautas, clarinetes, saxofone e instrumentos de percussão

Por Eudes Gomes

Foi dado o primeiro passo para Abreu e Lima ter a sua primeira orquestra sinfônica. No dia 13 deste mês, o Instituto Passo de Anjo recebeu violinos, violas, violoncelo, flautas, clarinetes, saxofone e instrumentos de percussão, que vão se somar aos instrumentos musicais já existentes na instituição. O presidente do Instituto, Maestro Spok, trouxe o material, fruto de doação de amigos artistas e colaboradores.

A solenidade de entrega contou com a presença do secretário de Assistência Social Beck Gomes, de Planejamento Jorge Beltrão e de Habitação, Bruno Borba, além da secretária executiva de Educação Delma Santana. “Isto é um sonho que está sendo realizado. Mas temos sonhos ainda maiores. Agradeço aos amigos que se tornaram parceiros nessa missão”, disse Maestro Spok. Três alunos do Instituto estão estudando no Conservatório Pernambucano de Música.

O Passo de Anjo, que é apoiado pela Prefeitura de Abreu e Lima, conta com dez professores e pessoal de apoio. Nos próximos dias ele deve deixar o prédio na Avenida Jerônimo Gueiros e ir para um local mais adequado. “O novo prédio funcionará como um conservatório. Estamos muito felizes com essa doação, que vai ampliar o trabalho na área musical e ajudar a transformar a vida de muitas crianças e adolescentes da nossa cidade”, afirmou o secretário Beck Gomes.

Fotos: Carlos da Hora

Secretaria de Assistência Social cria ponto de apoio do TRE para agendamento biométrico

Atendimento é feito de segunda a sexta, das 7h às 14h.

Por Fernando Silva

O município de Abreu e Lima tem atualmente 81.210 mil eleitores e apenas 40% da população fez o recadastramento biométrico. Por conta da baixa procura a Secretaria de Assistência Social, montou um ponto de apoio para realização de agendamentos para o recadastramento biométrico.  O cidadão precisa se dirigir a secretaria munido com qualquer documento oficial com foto, CPF, título de eleitor e comprovante de residência.

Ao todo, estão sendo disponibilizadas diariamente 300 vagas.  O chefe da 119◦ Zona Eleitoral de Abreu e Lima, Alex Dantas, lembra que prazo segue até março de 2020, mas que os moradores não deixem para última hora, para que o processo ocorra de forma tranquila e eficiente.  A biometria é o sistema no qual o eleitor se identifica e vota usando as digitais. Trata-se de um mecanismo seguro que vai ajudar a afastar qualquer tipo de fraude eleitoral.

Para quem tem acesso à internet, o agendamento pode ser feito através do site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) http://www.tre-pe.jus.br/ e clicar na opção Biometria. No ato do agendamento, o eleitor poderá escolher entre os três locais disponibilizados pelo (TRE) em Abreu e Lima:

BIOMETRIA E AGENDAMENTO

Escola Francisco Barros, n◦ 516, Centro (Modelinho)

Das 8h às 17h. Telefone: (81) 3194.9871

Conselho dos Moradores / Av. A n◦ 795, Caetés ll)

Das 8h às 14h.  Telefone: (81) 3194.9895

Cartório de Abreu e Lima Avenida Duque de Caxias, 439, Centro.

Das 8h às 14h.  Telefone: (81) 3194.9119

 

AGENDAMENTO

Secretaria de Assistência Social para agendamento biométrico

Rua Fé em Deus, Centro (antiga escola Deodina de Medeiros)

Das 7h às 14h.

 

Restrições para quem tem situação irregular

  • Não pode votar nas próximas eleições.
  • Não pode se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função pública ou empossar-se neles.
  • Não recebe vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público.
  • Não obtém passaporte ou carteira de identidade.
  • Não recebe Bolsa Família, benefícios ou aposentadoria.
  • Não faz empréstimos em bancos oficiais.
  • Não renova matrícula em estabelecimentos de ensino oficial ou fiscalizados pelo governo.
  • Não obtém certidão de quitação eleitoral.

 

Fotos: Manoel Paparazzo

Assistência Social realiza sua VIII Conferência Municipal

Evento ajuda elaborar junto com a sociedade civil melhorias nos programas sociais já existentes no município

Com o tema: ASSISTÊNCIA SOCIAL: DIREITO DO POVO, COM FINANCIAMENTO PÚBLICO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL, a  Prefeitura de Abreu e Lima recebe entre os dias 13 e 14 de agosto, na Câmara de Vereadores,  o Vlll Conselho Municipal de Assistência Social. A conferência que acontece hoje em seu último dia, tem como objetivo discutir democraticamente políticas de assistência social e propostas para melhorias nos programas e serviços do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

A Conferência contou com a participação da sociedade civil composta por usuários e trabalhadores do SUAS, entidades sociais, além de convidados e autoridades locais como o  prefeito Marcos José, o secretário de Assistência Social Beck Gomes, o coordenador da Casa dos Conselhos, Carlos Serpa e do presidente do Conselho Municipal, Paulo Sales.  Nos dois dias, os delegados irão participar dos grupos de trabalhos, onde será debatidas propostas para o fortalecimento da política de Assistência Social em âmbito municipal, estadual e federal.

Em sua apresentação, o Presidente do Conselho Municipal Paulo Sales, reforçou a importância desse tipo de debate, pois é capaz de elaborar junto com a sociedade civil melhorias nos Programas Sociais já existentes no município, como o CRAS, Criança Feliz, CREAS, Centro Pop e outros, além de trazer clareza na prestação de serviços ofertados pela prefeitura.

O secretário Beck Gomes, durante sua fala, disse que a prefeitura está empenhada em trazer melhorias para seus programas sociais, mesmo com o corte de verba feito pelo Governo Federal que vem usando recursos próprios para honrar os projetos já definidos.

O primeiro dia de conferência encerrou com demonstração de danças típicas como ciranda, frevo e teatro pelos alunos do Instituto Passo de Anjo, localizado na Rua Jerônimo Gueiros, n° 295, Centro – Abreu e Lima

Fotos Manoel Paparazzo e Carlos da Hora

 

Prefeitura de Abreu e Lima anuncia reajuste de 100% no auxilio-moradia

Por: Gamal Brito

A Prefeitura de Abreu e Lima anunciou, através de decreto oficial, o reajuste do auxílio moradia em 100%, passando de R$ 150 (cento e cinquenta reais) para R$ 300 (trezentos reais), superando os valores praticados em toda região metropolitana do Estado.

O benefício será concedido às famílias que moravam em áreas de risco e que precisaram ser incluídas no Programa Social. O novo valor de trezentos reais será dado mensalmente à(ao) chefe das famílias cadastradas, pelo período de três meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

O pagamento do benefício é encerrado na medida em que às famílias beneficiadas sejam atendidas em programas habitacionais do município ou quando da ocorrência de outros critérios identificados  pelos órgãos competentes.
No município, atualmente, cerca de 120 famílias serão beneficiadas com o novo aumento, embora este número aumente  com a inclusão de novas famílias nos últimos dias, aproximadamente outras 200. A medida tomada pela administração municipal se deu para minimizar os trágicos efeitos deixados pelas chuvas que atingiram o município.
Foto: Carlos da Hora

Prefeitura certifica 52 jovens abreulimenses em cursos de capacitação

Os alunos devem estar inseridos em programas de baixa renda e cadastradas no Cadastro Único

Por: Gamal Brito

Nesta terça-feira, 07, a Prefeitura de Abreu e Lima por meio da Secretaria de Assistência Social, promoveu a entrega de certificados aos formandos dos cursos do “Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas Trabalho)”.

Nesta 3ª edição um grupo de 52 alunos, todos residentes em Abreu e Lima participaram da solenidade realizada no auditório da secretaria. O ciclo de oficinas oferecido de forma gratuita tem como principal objetivo, potencializar os alunos para o mercado de trabalho, proporcionando assim o aumento da renda familiar e consequentemente uma qualidade de vida.

“Neste ciclo tivemos a oportunidade de encaminhar 10 destes alunos para concorrer a vagas de emprego, alguns com contratação imediata para trabalhar. É uma grande oportunidade que se dá para capacitar nossos jovens abreulimenses de forma gratuita e imediata”, cita Aline Aracelly, Coordenadora do programa no município.

Fotos: Carlos da Hora

Entre as oficinas oferecidas, os participantes puderam aprender noções sobre Marketing Pessoal, Como Participar de uma Entrevista e Estimular o Espírito Empreendedor, entre outras.

Para participar das oficinas, os alunos devem estar inseridos em programas de baixa renda e cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais – CadÚnico.

Posts navigation

1 2 3 4 5 6
Scroll to top
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support